Atividades que mais auxiliam o cérebro a aprender idiomas




 

Saiba como ajudar seu cérebro a reter mais informações e dominar uma nova língua


Que o corpo e a mente estão extremamente ligados, já era sabido. Contudo, alguns hábitos e atividades específicas do dia a dia podem ajudar o cérebro, em especial a memória, mais do que outras. A seguir, separamos uma lista para você com dicas de como melhorar a performance nos estudos de maneira simples e eficaz. Confira!


Escute músicas

Estudiosos escoceses descobriram o que na prática todos já sabiam: aprender idioma com o auxílio de música é mais fácil. Depois de uma série de experiências realizadas com estudantes, percebeu-se que, quando se trata de retenção de vocabulário e aprendizado de línguas, o cérebro parece ser mais suscetível ao som do que qualquer outra coisa. Logo, ao aprender inglês com aula de inglês na internet, por exemplo, não deixe buscar melodias onde o assunto trabalho e as novas palavras estejam sendo contextualizado, ou melhor, cantados.


Varie o ambiente e hora de estudo

Um método que vem ganhando bastante popularidade entre couching de línguas do mundo todo é o uso da variação dos fatores externos e inclusão de diversos outros à sala de aula, mudando o ambiente de estudo, materiais e até a posição do corpo para garantir um melhor aprendizado de línguas. Isso tudo com um fundamento científico.


Estudos vem confirmando a ideia de que é possível aumentar significantemente a retenção de informações, como novas palavras ou regras gramaticais por exemplo, através de medidas aparentemente simples como estudar em pé. Especialistas das mais variadas áreas concluíram que quando as pessoas são expostas à variação do meio, seu cérebro tende a se cansar menos, ajudando, dessa forma, o processo de memorização. Esse ganho pôde ser observado ao dividir voluntários em dois grupos. Ao primeiro grupo foi pedido que se mantivessem sentados e concentrados. A eles não foi proposta nenhuma outra alternativa. O segundo grupo, no entanto, foi estimulado a estudar andando, deitado, sentado, ao ar livre ou em uma sala iluminada e pintada com cores diferentes. O fato é que em todos os casos, o segundo grupo mostrou um desempenho de quase 30% maior em comparação ao primeiro. Por tanto, se você está se preparando para uma prova ou deseja aprender um novo idioma rapidamente, vale a pena usar da criatividade para tornar o estudo mais interativo.


Pratique esportes


A prática de esportes como treinamento funcional, esgrima, vôlei, futebol e basquetebol, só para citar alguns, faz com que o cérebro seja constantemente estimulado a reagir com rapidez a novos estímulos e, entre uma série de outros benefícios, retarda a perda da memória. Com o corpo e o cérebro saudáveis e bem cuidados, dominar uma língua estrangeira se torna uma tarefa extremamente fácil, independentemente da idade do estudante.




Comente:

Nenhum comentário