Hiit ou Treinamento Funcional: qual é o melhor?







O treinamento funcional e o Hiit são modalidades que são as queridinhas do momento para perda calórica e condicionamento físico.

O princípio do treinamento funcional é treinar o corpo de forma global, através de exercícios baseados em movimentos naturais do ser humano como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. Diferente da musculação, o objetivo não é treinar o músculo e sim o movimento. Vários acessórios são utilizados durante o treino, entre eles cordas, bolas, elásticos, cones e discos. Os treinos podem ser planejados para uma ou um conjunto de capacidades e não por grupos musculares.

Já o HIIT (sigla em inglês para High Intensity Interval Training, ou Treino Intervalado de Alta Intensidade) consiste em realizar um exercício com intensidade máxima durante um curto período de tempo intercalando com outro de intensidade baixa, numa espécie de descanso ativo, possibilitando ao corpo se recuperar e realizar outro intervalo de alta intensidade. A tendência de treinamentos mais curtos e intensos ganha cada vez mais adeptos e atualmente é embasada por várias pesquisas científicas.

O principal atrativo é dessa forma de treinamento é a possibilidade de realizar treinos curtos, que não precisam ser feitos diariamente e que promovam uma queima de gordura mais significativa até mesmo se comparada aos exercícios aeróbicos (como correr, pedalar ou nadar, por exemplo).

A melhor forma de escolher é entender qual deles vai deixar o objetivo do aluni  mais próximo e qual deles se encaixa dentro daquilo que ele quer. Todos eles têm a mesma origem, mas cada um trabalha com estímulos diferentes.

Você sabe prescrever um treinamento Hiit aproveitando todo o seu potencial? Conheça esse curso que foi planejado em cima de Evidencias Cientificas.  Clique aqui!




Comente:

Nenhum comentário