Treinamento Funcional e o corpo dos sonhos




Resultado de imagem para pilates


Sem ter idade mínima para começar, o Treinamento Funcional permite a tonificação muscular com um gasto energético muito maior. Ou seja, emagrecer é uma realidade nestes exercícios. Isso sem falar na melhoria na flexibilidade, na coordenação motora e no equilíbrio. O treino funcional pode realmente ser uma alternativa à rotina maçante das academias.

O treino funcional já existe há décadas e sempre foi o queridinho dos atletas, mas foi ali pela virada do milênio que se tornou popular também entre pessoas “normais”. É considerado inteligente porque em apenas um exercício utiliza o máximo de grupos musculares.

A ideia é que você faça um treino globalizado do corpo inteiro. Você pode trabalhar num exercício só várias valências físicas. Na musculação, você trabalha cada grupo muscular isoladamente.

O treinamento funcional é um grande aliado para queimar gordura e ficar em forma.  Em apenas 45 minutos é possível fazer um treino que na academia demoraria uma hora e meia.É ótimo para emagrecer , mas tem que ter a colaboração do aluno. Não adianta falar que ele vai perder peso,quando a atividade física é responsável por apenas 30% da perda calórica. Mas todos que passam pela minha mão emagrecem.

O dinamismo é outro fator que atrai as pessoas para esse tipo de exercício. Ao contrário da academia em que se trabalha com uma série pré-estabelecida, o treino funcional é mais ágil e permite que sejam trabalhadas várias qualidades físicas dentro de uma sessão, atuando de maneira mais individual.

Para quem quer começar é preciso concentração! Se conseguir se concentrar no movimento, com certeza será capaz de executá-los sem problemas, e os ganhos serão bem maiores.

Em vez de aparelhos de ginástica, nos estúdios você vai encontrar implementos, que podem ser de dois tipos: estáveis (halteres, barras e caneleiras) e instáveis (bosus, cordas de suspensão e elásticos). E a quantidade de exercícios num implemento é maior do que na musculação. Só na corda de suspensão, por exemplo, existem cerca de cem alternativas possíveis.

Por fim, o treino funcional é mais harmônico do que a academia. Em vez da hipertrofia, busca-se a perda de gordura e o ganho de massa magra. O resultado é um corpo definido e simétrico. Porém, não se engane. O treino é puxado e provoca um desgaste muscular maior no corpo, obrigando um iniciante a treinar apenas de duas a três vezes na semana.

Dicas para profissionais
  • Treino Funcional e Cross - Passo a Passo (em vídeo)
  • Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
  • Formação em Treinamento e Preparação Física Funcional ONLINE

  • Comente:

    Nenhum comentário